ARTHUR

Lilypie Kids Birthday tickers

DANIEL

Lilypie Fifth Birthday tickers

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Bater ou não bater, eis a questão!


Sei não... É bem provável que eu mude de opinião (talvez em breve), mas a de hoje é: eu não quero bater no Arthur! Acredito ser possível educá-lo sem violência!

Comecei a usar a tática do "cantinho da disciplina", pra ficar pensando! Ele até que ficou um tempinho (uns segundinhos...) e logo saiu. Acho que com o tempo, ele vai entendendo melhor.

O duro mesmo é ouvir um monte de gente dizer que tem que bater para que a criança te obedeça e te respeite (no fundo, no fundo, no fundo, acho que penso assim também... ou acho que me fizeram pensar assim...)

O problema dos tapinhas é que, além de não educarem, depois de um tempo, não resolvem mais. Aí, fica aquela gritaria em casa e muita frustração.

Meu pediatra está de acordo comigo. Disse que bater, só se for por uma causa muuuuuuuito nobre, por exemplo, a criança subiu na janela, ou abriu o gás do fogão... Coisas assim, perigosas!

De resto, com muito amor, muuuuuuita paciência e TEMPO, eu acredito que não vou precisar bater no meu filho! AMÉM!

Um comentário:

  1. Olá flor, amei o seu cantinho e fique a vontade para tb nos conhecer melhor, estarei te seguindo se não se importar.

    Concordo com você e com a pediatra, tem dias que só Cristo, mas devemos buscar em Deus uma direção para cuidar bem nos nossos filhos sem violência.

    Bjs,

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails