ARTHUR

Lilypie Kids Birthday tickers

DANIEL

Lilypie Fifth Birthday tickers

quinta-feira, 1 de abril de 2010

ARTHUR com 1 ano e 9 meses!

Hoje meu pituco está completando 1 ano e 9 meses de vida! Parabéns, meu amor! Você é uma grande bênção na minha vida!


De um mês pra cá notei grandes evoluções no Arthur.


Ele começou a falar palavras novas, do nada! Tem palavras que a gente fica repetindo e repetindo pra que ele aprendam, mas tem outras (acho que a maioria) que ele aprende ouvindo as conversas, a TV, etc. Ontem mesmo, eu dei uns lápis de côr para ele brincar e ele falou "apel" (papel) e foi até o quarto, onde guardamos as folhas sulfite.


Novas palavrinhas:
agal = legal / adê = cadê / nati = tomate / ô = outro / apapo = sapato / auí = kiwi / anhão = caminhão / anão = violão / cade = carne / boite = boa noite / gabu = obrigado / anhati = chocolate / tis = tênis / pepo = peito / acaco = macaco


ADEUS, REDE!
Consegui me livrar da rede! Finalmente! Que alívio! Agora eu coloco ele no berço e ele dorme (às vezes, quando não está com muito sono, fica brincando, acendendo a luz, dizendo que quer mamá, que tem cocô ou dodói, só pra eu ir lá...). Uma maravilha!

O Arthur vai completar 1 ano e 9 meses dia 14/04, mas, como fazia quase 3 meses que o tinha levado ao pediatra da última vez...

Eu, Arthur e vovô! - 28/03/2010

Como o blog é meu e escrevo nele o que bem entendo (Tá!?), poderia muito bem dizer aqui que fui ao pediatra hoje e o Arthur se comportou maravilhosamente, que engordou um montão e cresceu horrores!

Mas, como não sou adepta à cultura do "1º de abril", vou ter que falar...

O Arthur tem verdadeiro pânico de ir ao pediatra!!! 


Chega a bater uma perninha na outra de tanto que treme! E não é culpa do pediatra, não, que é um amor e super cuidadoso (Viva o Dr. Valente!). Na verdade, não sei o motivo de tamanho medo. Tudo bem que ele tomou a vacina H1N1 antes de ontem e, supostamente, estava se sentindo ameaçado, mas, da outra vez, foi a mesma coisa. Um enigma a ser decifrado!

 
Mas o pior mesmo foi saber que da última vez que foi ao pediatra (14/01) até hoje, engordou míseras 10 g! E não cresceu 1 centímetro sequer! Eis aí as medidas:

PESO: 10,560 Kg
ALTURA: 83 cm
P.C.: 49 cm

Semana passada ele teve um desarranjo intestinal e não está comendo muito bem ultimamente, mas, 10 g??? Poxa, a gente se esforça tanto fazendo canjiquinha que demora 1 hora e meia pra cozinhar, dá frutas variadas (kiwi, banana, pêra, pêssego, laranja...), suco de soja, sempre tem a preocupação de colocar carne na alimentação por causa do ferro, etc, etc, etc... Tudo bem que, às vezes, por esses dias, ele não quis nem experimentar a comida. Mas, 10 g???

Dicas do pediatra: O melhor a fazer, nessa fase, é deixar a criança escolher se quer ou não comer e não forçá-la. Perceba, não é deixar ela escolher O QUE comer! Deve-se ter um ambiente preparado para que ela saiba que é a hora de comer. Ela deve sentar em sua cadeirinha, e comer, sem subterfúgios como televisão, aviãozinho, etc. A criança precisa saber que aquele é o momento de papar, e que, se não comer naquela hora, só poderá comer mais tarde. Se ela quiser sair da cadeirinha, deve saber que não poderá mais retornar a ela. Não se deve dar outras coisas no lugar, como bolachinhas, salgadinhos, etc. Se não, um problema pode ser resolvido momentaneamente, mas um bem pior será criado! (É isso, né, Dr.?)

Parece radical, mas fazendo isso, não estamos apenas ajudando nossos filhos a se alimentarem melhor, mas educando-os, ensinando-os a respeito de suas escolhas e as consequências que elas trazem!



Voltando... Dr. Valente achou estranho ele não ter engordado nem crescido e pediu alguns exames, inclusive um para ver se ele não está com anemia!

Ai, ai! Isso desanima um pouco a gente, né? Mas, tomara que seja algo fácil de diagnosticar para que seja feito algo que dê resultado logo!

Ele não tem fimose! Estava passando a pomadinha desde que ele receitou na última consulta (não era pra estar passando ainda e eu lá, passando todos os dias!)... Já está bem abertinho o buraquinho do pipi, mas a glande ainda não saiu pra fora, creio que é só uma questão de tempo. O pediatra disse que, agora que eu vou parar de passar a pomadinha, é possível que o buraquinho fique menor. Vamos ver.

ALIMENTAÇÃO

Dr. Valente pediu pra eu desmamá-lo! Ele mamava de manhã (uns 150 ml) e à noite (uns 100 ml). Pediu pra começar tirando a mamadeira (dar o mamá no copo com bico, ou copo normal mesmo), pois mamar na mamadeira, deitadinho, pode dar infecção no ouvido! Mas a idéia é que ele pare completamente de mamar, por duas razões: primeiro, porque o leite pode prejudicar a absorção do ferro, e depois, para que ele se alimente melhor nas refeições principais.

Obs.: Acredito que, quando escolhemos um profissional, no caso em questão o pediatra, ou confiamos nele ou não. Digo isso porque sempre vai ter alguém que diga exatamente o contrário do que seu pediatra recomendou, que ache um absurdo isso ou aquilo... Foi o que aconteceu. Já achei um pra dizer: - Nossa, nunca ouvi falar nisso! Eu fazia assim e assado... Enfim! Eu confio! Vamos lá fazer o que tem que ser feito e pronto!

COMPORTAMENTO

Sobre o comportamento do Arthur... Eita fasezinha complicada! Segundo o pediatra, é a fase em que eles estão sob forte conflito interno, a dúvida entre escolher a independência ou os benefícios que a dependência traz.

É verdade! Vi o Arthur várias vezes nesse conflito, sem saber o que queria fazer, se entra ou se sai, se pega ou larga, se sobe ou desce...

Exemplo:

- Bó, bó! (Tradução: Quero a bola!)
Peguei a bola e dei pra ele.
- Ááááááhhhhh!! (choro manhoso acompanhado de uma "mergulhada" no chão)
- Ué! Você não quer a bola?
- Qué! (Tradução: Quero!)
- Toma, então! Entreguei pra ele.
- Ááááááhhhhh!! (choro manhoso acompanhado de uma nova "mergulhada" no chão)

Vai entender!

E isso se repete durante o dia. Por muitas vezes não tenho a mínima idéia do porquê do choro!

Na festinha de aniversário da amiguinha Rafaela - 25/03/2010

REDE X BERÇO

E ela vem e vai... No momento, a hora de dormir tem sido assim: Dou o mamá para o Arthur (hoje já dei num copo com canudo, ele sentadinho) e coloco ele no berço. Estou tentando, DE NOVO, desacostumar ele da rede (já pensando na escolinha daqui a alguns meses). Só que tenho que ficar ao lado do berço até ele dormir. No começo, ele fica esticando o bracinho pra encostar em mim, pra ver se estou ali... Nisso eu estou quase sem respirar para não fazer barulho... Aos poucos vou me afastando e, de repente ele solta um: - Mãe?. Eu falo: - Oi!, aí ele se tranquiliza. Quando percebo que ele dormiu (demora um pouquinho), vou saindo, beeeeem de-va-gar-zi-nho (tipo ninja!) para o chão não estalar e não acordá-lo.

VOCABULÁRIO

Estou notando que ele está começando a tentar falar palavras inteiras e não somente a primeira sílada, como carro, caminhão, algodão, etc.

6 comentários:

  1. Oi Ma,

    Quem nunca teve filhos fica pensando em tudo como mar de rosas, né.rsrsrs, doce ilusão, isso que vc relatou nem de longe imaginava que pudesse acontecer, parabéns por vc ter sabedoria e saber se adaptar bem a situações do seu filho, Deus continue te abençoando sempre....beijoss

    ResponderExcluir
  2. KKKKKK
    Menino é fogo! Pede a bolo e fica se jogando no chão? hahaha
    Minha mãe dizia q meu pediatra ensinou a fazer a mesma coisa pq eu era biqueira pra comer, ela nunca teve coragem de obedecer, resultado, dou trabalho pra comer até hj! haha (exageros a parte....)
    E vc preocupada com as poucas graminhas a mais do Arthur, eu tô do mesmo jeito comigo! 4 meses de gravidez e só engordei 1 mísero quilinho! Levando em consideração que perdi 3kg na época dos enjoos, meu saudo aainda tá negativo! Hunf!

    ResponderExcluir
  3. hahahaha, parece que to me vendo....
    a diferença...o gabi ama a pediatra.....
    mas enfim, ele está com 2 anos e 4 meses e pesa 11,5kg e mede 87cm...e eu me esforçando.....
    ou seja, não te preocupa, tudo e normal!
    beijos enormes
    mariana
    ps - acho que nao preciso mais me preocupar em nao me lembrar das coisas, vou ler teu blog!risos

    ResponderExcluir
  4. norma costa diz:deixe meu neto mais livre;isto é brinque mais com ele;role no chão,pule,cante p ele,ele te´ra mais fome e se der água em vez de sucos ele automaticamente engordará;o combustível liquido é água.continue se esforçando e tenha outro filho ,logo.

    ResponderExcluir
  5. Gente estou preocupada com peso do meu filho também. ..estava pesquisando sobre o peso ideal da idade do meu filho (1 ano e 9 meses) achei sei blog achei maravilhoso e muito parecido com meu nicollas gabriel..dia 22 e dia do pediatra dele daí lhe falo o que o pediatra fala do peso dele..e minha preocupação ele está com um nódulo no pescoço acho que eh os dentes mas vamos vê...bjs

    ResponderExcluir
  6. parrabens Mariana, o meu Melvem tem (1 ano e 7) com peso 13kg desde os (1ano e 5 meses) fiquei chocada com a permanencia do peso. acredito que a agua realmente engorda tenta dar muita agua no lugar de suco e nessa idade o arroz e fundamental. bjs

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails