ARTHUR

Lilypie Kids Birthday tickers

DANIEL

Lilypie Fifth Birthday tickers

domingo, 17 de abril de 2011

ARTHUR com 2 anos e 9 meses / DANIEL com 37 semanas de gestação

IMAGINAÇÃO COM MUITAS ASAS

Arthur anda, literalmente, vendo coisas e inventando histórias. Vê cachorro em colher de gelatina, chapéu num punhado de bolinhas comestíveis, conversa com a bicicleta, entre outras coisas bem curiosas. Lembrei-me de um vídeo que recebi por e-mail, de uma francesinha que deve ter a idade do Arthur (acho até parecida com ele, mas com cabelo! hehe...) contando uma história. Tudo bem que o Arthur está longe de ter essa desenvoltura...

Se quiserem ver, acessem esse link. É muito legal.

Voltando...

O Arthur inventou uma diversão agora: Ele é um entregador de pizza.

Então ele vem, pede uma pizza pra mim, que sou a fornecedora da pizza, eu finjo que tiro do forno, dou pra ele, ele vai, entrega pra vovó ou para o papai. E pede o dinheiro. O engraçado é que ele vai comendo a pizza pelo caminho... Então, depois que inventou essa, vive me dando dinheiro, pena que é imaginário! hehe... Estamos precisando, para terminar a reforma.

Falando em reforma...

A REFORMA

Daniel está para nascer e minha casa ainda está inabitável! A previsão é para mais uma ou duas semanas. Coincidentemente é a mesma para o nascimento do Daniel! É para rir ou chorar?

Mas estou feliz porque na minha casa vai bater SOL!!!! Pelo menos na parte de cima. Sofríamos muito com umidade, frio e mofo. Era terrível. Agora que os quartos ficaram no piso superior, nossos problemas acabaram,

Olha minha carinha de felicidade, vendo o sol dentro de casa. É que fizemos uma clarabóia em cima da escada, com um material transparente. Olha que delícia! Era tudo que queríamos!


O quartinho do Daniel ia ser listrado, na vertical. Mas, assim como aconteceu com o quarto do Arthur, depois que retirei as fitas que separavam uma cor da outra, 

IDA AO PEDIATRA

O Arthur ficou uma semana com uma tosse bem carregada, mas pensei que era uma gripezinha passageira e não o levei ao médico. Mas, quando vi que a tosse não ia embora, resolvi levá-lo ao pediatra. Conclusão: traqueobronquite, perigando evoluir para uma pneumonia! Dr. Valente receitou antibiótico, após análise do raio-X do pulmão.

Aí, começa um outro drama: o Arthur invocou que não quer mais tomar remédio! Faz um verdadeiro ESCÂNDALO, digno de Oscar! Mesmo um simples xarope com sabor de framboesa! Fecha a boca, fica virando o pescoço pra lá e prá cá, e, quando enfim, conseguimos colocar o bendito dentro da boca dele, ele cospe tudo, ou quase tudo. Precisa de 3 pessoas para segurá-lo: uma segura ele no colo, outra segura sua cabeça e a outra o remédio. Mas, sem exagero, ele não engole o remédio!!! Já tentamos fechar o nariz dele, dentre outros recursos (leia-se, chantagem: o remédio por um pirulito!), mas, pelo menos metade do remédio ele consegue cuspir, e depois fica passando a mão na língua, dizendo: É ruim, é ruim, é ruim!

Então, a única alternativa foi: antibiótico INJETÁVEL!!! 5 dias consecutivos! Oh, dó!!! Quase morri do coração! Me arrependia todos os dias de ter escolhido essa opção, mas acho que foi a única. Imagina... Se ele não toma nem um remediozinho docinho, gostoso, o que não faria para tomar esse antibiótico, que tem gosto ruim. Enfim, a última dose foi dada hoje. Tadinho, chegava na frente da farmácia, já colocava a mão no bumbum e começava a chorar!

Amanhã vou levá-lo novamente no pediatra para fazer uma nova avaliação. Tomara que esteja bem!

Peso atual: 12,585.
Altura: 93 cm

Outra coisa: enquanto examinava o Arthur, disse que ele tem um leve sopro no coração. Perguntou se alguém já tinha dito isso. Na hora, me deu um gelo. Mas, quando ele tinha 3 meses, ele fez um ecocardiograma que mostrou que está tudo normal com seu coração (na época, a pediatra pediu esse exame porque achou que estava meio azulado em volta dos lábios) . Com essa informação, o pediatra falou para eu não me preocupar, pois ele só precisava saber se tinha alguma anormalidade em sua anatomia.

A explicação para esse sopro é a seguinte: O sopro cardíaco é o ruído entre as batidas do coração, quando há turbilhonamento do sangue. Em alguns casos, pode desaparecer com o crescimento (sopro inocente), em outros, permanece. O sopro inocente ou funcional – muito comum na faixa de dois a sete anos indica, na verdade, um turbilhonamento do sangue dentro do coração e não uma anomalia no seu funcionamento. Desaparece normalmente na adolescência ou mesmo um pouco mais tarde.

GRAVIDEZ

Estou com muitas dores nas costas e só consigo andar com a cinta agora. Sem ela, minha barriga parece que vai cair no chão, de tão pesada e dolorida (dói embaixo, próximo da cicatriz da cesariana). Mas, apesar de tudo, estou muito feliz e ansiosa para ter meu pequenino nos braços!
Como não coloquei nenhuma foto nos últimos posts, agora vou compensar!
Aniversário de 1 ano da minha amiguinha Lívia.


Aniversário da Lívia.


Olha a Lívia, aí, no colinho da mamãe!


Dia de sol!


Minha caminha nova! ADOREI!

Cantando a musiquinha da "oração".



Com a roupa de judô que foi do papai!


Vovó Norma desenhando meu corpinho no papel!

Aprendi a jogar PINBALL!


Meu pijama novo que a tia Vã deu!


Experiências com a máquina nova!

3 comentários:

  1. Delicia essa fase da imaginação deles,não é?? ele tb esta assi,cria tudo,ve tudo..tudo tem magia!! acho lindo!! beijos em vcs, otimo fim de semana!!!
    ;-)

    ResponderExcluir
  2. O Arthur está lindo! uma gracinha!
    e vc de grávida tbm... muito linda!
    Parabéns!!!
    Vc vai fazer cesárea novamente?
    Boa sorte na chegada do Daniel!
    bjão

    ResponderExcluir
  3. O seu filho é a sua cara, é lindo e muito activo, e as saudades que me deu ver a sua barriga.... ai ai ai...
    Invenções de historias é lindo nao é... ver eles a brincar a falar, o meu hoje era o Agricultor e plantou, alfaces, cenouras e ate bananas... são tao lindos... adoro adoro ~

    Bjs

    Ana Lisboa

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails