ARTHUR

Lilypie Kids Birthday tickers

DANIEL

Lilypie Kids Birthday tickers

domingo, 26 de junho de 2011

ARTHUR com 2 anos e 11 meses / DANIEL com 1 mês e 15 dias

Estava bem deprê ultimamente, estressada, não querendo ver ninguém, irritada, triste, etc... Acho que foi o tal do Baby Blues. Mas já passou, graças a Deus.

Bom, falemos deles...

ARTHUR
CIÚMES DO IRMÃO

- O ciúmes do irmãozinho chegou pra valer... Quando o Arthur vê ou percebe que vou me aproximar do Daniel, ele entra em ação, fica super agitado e faz qualquer coisa pra chamar minha atenção. Suas ações preferidas são: beijar a cabeça do Daniel freneticamente, deixando um rastro de baba; agarrar o pescoço dele; chegar gritando na orelha dele; assoprar no rosto dele, com direito a chuva de gotículas salivares contaminadas com vírus de gripe, dentre outras coisinhas irritantes fofinhas.

FALANDO PELOS COTOVELOS

- Quem diria que um dia eu ia achar que o Arthur está falando demais? Meu Deus, às vezes tudo o que quero é um pouco de silêncio. Mas a imaginação está fluindo tanto que, se não está falando comigo, fala sozinho, enquanto brinca com seus brinquedos.

- Está com mania de falar: Você é feio!, geralmente depois de ser contrariado.

REMÉDIO

- Depois de 5 dias seguidos de antibiótico injetável que o Arthur tomou, ele aprendeu que é bem melhor tomar via oral. Está tomando remédio que é uma beleza. Precisou tomar antibiótico de novo semana passada, por causa da garganta inflamada, e tomou oralmente, sem escândalo nenhum. Até nos ajudou a lembrar, um dia que esquecemos e o colocamos pra dormir sem tomar o remédio.

ENTRETENIMENTO

- Os desenhos da vez agora são Dora, a Aventureira e Pocoyo.

- Para entreter os pequenos, tem um site bem legal , com jogos educativos bem fáceis, só de apertar uma tecla ou só de mexer o mouse. Vai aí a dica para os dias em que a criatividade está escassa: http://www.elbuhoboo.com/

ALERGIA

Fizemos uma parede embaixo da escada para as crianças poderem escrever nela com giz. Ficamos dias para planejá-la, compramos os materiais necessários para prepará-la, pintá-la, etc. Assim que secou, mostramos a parede para o Arthur, que ficou empolgadíssimo. Qual não foi nossa surpresa quando seu rosto começou a ficar cheio de "picadinhas" vermelhas. Pensei que eram picadas de pernilongo. Mas as "picadas" apareciam e sumiam em lugares diferentes. Demos um banho nele para ver se melhorava e, desde então, a parede foi inutilizada!
DANIEL

- Daniel nasceu dia 03/05, pesando 2,955 kg, 49 cm. Saiu do hospital com 2,670. Dia 10/05, fomos ao pediatra e ele estava com 2,835 kg. Após 1 mês do nascimento, retornamos ao pediatra e ele estava pesando 3,185 kg, 52 cm, abaixo do ideal da tabela de crescimento, o que preocupou o médico. Ele pediu para eu dar Adtil, reduzir as mamadas de 3 em 3h para 2,5h e retornar em 15 dias. Mas, como fiquei preocupada, retornei após 1 semana e ele estava com 3,430. Ótimo resultado, mas, ainda assim, ficou abaixo do ideal, mas está em uma crescente. Vamos aguardar e retornar em 3 semanas.

- Meu pititico já está dando sorrisos e fazendo burburinhos quando conversamos com ele.

- Vacinas OK (hepatite B, BCG e polio).

Apresentação de festa junina na escola!

Viciou nos joguinhos!

Arthur disse que isso era a torcida do estádio...

A parede da alergia. Dá pra ver seu rosto já um pouco vermelho.

domingo, 5 de junho de 2011

Dificuldades na amamentação!

Já sabia que os primeiros dias de amamentação eram mais difíceis, pois dói um pouco mesmo (na verdade, dói muito, mas é suportável!) até o seio acostumar.

Para amamentar o Arthur, usei o intermediário de silicone, mas resolvi não usar com o Daniel, só por uma questão de praticidade.


Mas o que aconteceu desta vez foi diferente. A dor era muuuuuuuuuito forte e sabia que alguma coisa estava errada. Chorava mesmo antes de começar a dar o mamá, só de pensar na dor. Aparentemente não via nada de errado, mas doía demais. Resolvi colocar o intermediário para ver se melhorava, mas a dor continuou e um dia saiu sangue junto com o leite. Imediatamente, entrei em contato com um amigo médico e ele foi até minha casa, pois a situação estava crítica e eu fiquei apavorada com a possibilidade de não poder mais amamentar.

Diagnóstico: fissura no bico do seio. Tive que deixar de dar mamá no seio esquerdo por uns 2 dias, tirar o leite com uma bomba manual para que não empedrasse o seio e dei mamá somente com o seio direito. Além disso, apliquei lanolina no bico. Aos poucos, a dor foi diminuindo.

Depois dessa fissura, no mesmo seio, fiquei com uma dor intensa que não dava pra encostar, e apareceram umas manchas vermelhas. Diagnóstico: mastite. Tomei anti-inflamatório e antibiótico e melhorou quase que instantaneamente.

Hoje não dói absolutamente nada para amamentar (a não ser quando o Daniel resolve dar umas mordidinhas antes de começar a mamar). Esse momento agora é só de alegria.

Sucesso no desfralde!

É com imenso prazer que comunico o sucesso no processo de desfralde do Arthur!

Se o primeiro dia foi desanimador, agora, apenas 10 dias após o início dessa aventura, o Arthur já pede pra fazer xixi e não deixa mais escapar. Quando muito, é uma escapada no dia.

Obrigada a todas que contribuíram com as valiosas dicas!

Bjs!

Olha aí o mocinho com seu mais novo amigo!

Related Posts with Thumbnails